Prefeita de São João do Sabugi esclarece sobre monitoramento de sabugienses vindos da Itália e anuncia decreto com medidas para evitar Coronavírus

Suerda Medeiros

Prefeita Lydice Brito

A pacata cidade de São João do Sabugi, com 6.193 mil habitantes ( IBGE 2019 ), está vivendo um momento de suspense e medo. Duas pessoas chegaram na cidade vindas da Itália e isso gerou um medo e um certo pânico na população.

 “O que alardeou um certo pânico em São João,foi porque chegaram duas pessoas vindas da Itália: o promotor Dr Flávio, mas jáfaz 14 dias e já passou o prazo do monitoramento, e o segundo caso, sexta-feirapassada, um sabugiense que mora em Campina Grande e chegou no Brasil na últimasegunda-feira”, relata a prefeita ao blog.

Ela diz queo rapaz está na casa da mãe e está sendo monitorado desde à sexta-feira, quandochegou a São João do Sabugi. Segundo Lydice, ele está sendo monitoradodiariamente pela equipe multidisciplinar da equipe Saúde da Família: “o agentefica fazendo as visitas diárias e o médico faz o monitoramento, vê se a famíliaestá com algum sintoma, se ficam em casa em isolamento, mas até agora não tevenenhum sinal de algo parecido com os sintomas relatados”, explica a prefeita.

A mãe dorapaz que está em quarentena, Auxiliadora Fernandes, é diretora da Creche MariaNilciene e está afastada da função: “tomei essa precaução, pedi que ela ficasseem casa, justamente para evitar o contato com as crianças. Ela está sendoacompanhada e isso é para evitar qualquer risco da disseminação do Coronavírus”,adverte Lydice.

A prefeita vaipublicar decreto nesta segunda-feira, 16, com o objetivo de prevenir e evitarque o Coronavírus chegue àquela cidade e se prolifere. No decreto, estão algumasmedidas, como: desligar ar-condicionados e abrir portas e janelas de escolasmunicipais e repartições públicas; restringir eventos públicos; suspendertrabalhos com grupos de idosos; suspender funcionamento da biblioteca, entreoutros. Além disso, todos os funcionários do município vão trabalhar de máscarae álcool gel será distribuído em todas as repartições.

Lydice Britoinformou ainda que vai orientar os segmentos privados de São João do Sabugi,inclusive passar orientações a igrejas da cidade: “tudo para evitar que essevírus chegue a nossa cidade e se prolifere. Isso ninguém quer”, finalizou aprefeita.